Resenha: Liga da Justiça

Liga da justiça

Sendo um dos filmes mais aguardados da DC, Liga da Justiça talvez não tenha decepcionado tanto o público, mas não é o que a crítica anda dizendo por aí. Nesse Terça com Pipoca, vou falar um pouco sobre esse novo filme – com uma ótima fotografia, cenas incríveis de cada personagem e onde, há momentos que posso sentir a tristeza proporcionada pela perda do Superman como se ele pertencesse a nossa realidade.

Sinopse: Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman (Henry Cavill), Bruce Wayne (Ben Affleck) convoca sua nova aliada Diana Prince (Gal Gadot) para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam com agilidade um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes – Batman, Mulher-Maravilha, Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e Flash (Ezra Miller) -, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque.

As primeiras cenas do filme trazem a reintrodução de alguns personagens já conhecidos do público, como Batman e Mulher-Maravilha, em uma cena quase clássica do mundo dos heróis – salvar pessoas de bandidos. É assim que o diretor tenta mostrar ao público que não assistiu ao filme Mulher-Maravilha do que Diana Prince é capaz. Além dessa cena, podemos ver Batman enfrentando uma nova ameaça alienígena, parademônios atraídos pelo medo.

Após situar o público do que pode vir a ser o enredo desse filme, o telespectador é levado a assistir uma busca de Bruce Wayne por super-humanos, como mostrado na cena extra de Batman Vs Superman. Assim, com Diana Prince ao seu lado a Liga da Justiça é formada por personagens um pouco desconhecidos das telas – Flash, Cyborg e Aquaman.

É um desafio introduzir três personagens novos, em apenas duas horas de filme (o menor filme do universo DC nos cinemas). Assim, sobre o Flash temos algumas cenas dele visitando seu pai na cadeia, um dos heróis comenta o motivo disso e ainda mostra que ele vive as escondidas da sociedade. Podemos até ficar satisfeitos com essa rápida introdução e abafa algumas perguntas do público que não conhece realmente o personagem. Ainda sim, Flash foi o que menos sofreu com isso, na minha opinião.

Uma das cenas de grande destaque para mim em a Liga da Justiça, foi o momento em que é exposto o que a perda do Superman causou na humanidade. As cenas, com ótimas fotografias, trazem o peso dessa perda. Mostram o semblante das pessoas sem esperança, com notícias do aumento das atividades criminosas e homenagens a ele. Essa perda também se reflete em Bruce Wayne, que se sente culpado e em dívida pela morte do super herói – esse luto está refletido na incessante busca por impedir que essa nova ameaça tome conta da Terra.

O vilão da vez é o Lobo da Espete, uma criatura antiga e devoradora de mundos que está em busca das caixas-maternas. Caixas essas capazes de destruir todo o planeta por causa do poder contido por elas. Confesso que o vilão tem um grande potencial – ele já chega arruinando tudo em uma das melhores cenas de batalha de a Liga da Justiça. Cena essa ambientada em Themyscira, ilha habitada pelas Amazonas que aparece no filme Mulher-Maravilha. Porém, nem tudo são flores e o vilão deixa a desejar, todo seu poder e glória não são suficientes, as cenas de luta com os heróis deixa a desejar e eu esperava mais dele – acho que ele levou uma surra muito fácil de um personagem super-estimado que chegou depois ali na festa.

Sobre o final: deixaram o Flash de fora da luta final, por estar ocupado demais empurrando uma picape para fora do campo de destruição do vilão e assim como frisado antes, esperava mais da luta final. As cenas sobrecarregas de vermelho me incomodaram um pouco, assim como a participação razoável que deram a Mulher-Maravilha nesse filme – acredito que as cargas de humor estavam bem apresentadas, sendo levadas em sua maioria pelas duvidas juvenis e caras e bocas do Flash, interpretado por Ezra Miller.

Me conta o que você achou do filme, se a resenha te inspirou a assistir e quais foram as melhores/piores coisas para você que assistiu!

25 thoughts on “Resenha: Liga da Justiça

  1. Boa tarde, como vai? Gostei bastante da sua resenha, confesso que não é o meu tipo de estilo de filme favorito, mas gostei da sua resenha, fiquei ate curiosa

  2. Ainda não assistir esse filme. Mas quero muito assistir. Espero não me decepcionar com o final, quero ver a mulher maravilha brilhar, vamos ver quando assistir o que acho desse final.

  3. Oi, ainda não assisti o filme. E quero muito. Estou querendo levar meus pais, principalmente meu pai que é muito fã. Estou esperando que ele goste. Não estou lendo muitas críticas porque isso desanima bastante, sou teimosa, rs. Gosto de ter minha opinião. Adorei seu post, você foi bem sucinta e direta. Grande beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *