Lorelai Gilmore Gilmore Girls

Gilmore Girls é uma série que eu demorei bastante para começar a assistir e comecei apenas por tédio e sem expectativas, mas ela ganhou meu coração maratonista. Para quem não conhece, a série estreou a mais ou menos 17 anos, possui 7 temporadas e no final de 2016 a Netflix fez um especial de 10 anos do fim da série com 4 episódios.

Esse post vale para você que já assistiu a série e está com saudade de alguns momentos que aconteceram em Stars Hollow e quem sabe para inspirar você, que ainda não assistiu. É de extrema importante que saiba: contém alguns spoiler, mas nada pesado.

  1. Nunca deixar de ser você mesma

Lorelai Gilmore engravidou aos 16 anos e saiu de casa para criar sua filha Rory, porém ela nunca deixou de ser ela mesma indiferentemente do que seus pais queriam para ela. Mesmo antes de sair de casa ela já causava atritos por ter uma personalidade forte e irônica, mas nunca deixou seus pais influenciarem seu verdadeiro eu. Essa é uma lição de vida que eu aprendi já na primeira temporada de Gilmore Girls: ser quem você realmente é, independendo do que os outros desejem que você seja e independente dos erros que você tenha.

  1. Passar por cima do orgulho nem sempre é ruim

Todos nós possuímos orgulho, para alguns é mais difícil passar por cima dele do que para outros. Com isso, podemos aprender uma lição em diversas situações da série. Por exemplo, quando Lorelai tem que ceder ao seu orgulho e pedir ajuda aos pais para pagar o colégio de Rory. Se ela não tivesse cedido, talvez sua filha não pudesse entrar em uma escolha melhor só por causa do orgulho de ter que pedir ajudar. Porém, quando elas brigam e ficam meses sem se falar, percebemos novamente, que o orgulho pode atrapalhar ou até mesmo destruir uma relação.

  1. Amigos também são família

Família não é somente de sangue, aquela na qual nascemos. Nossos amigos também podem ser considerados família. A diferença é que os amigos a gente escolhe, a família não. Durante a série percebemos que os amigos de Lorelai, estiveram ao lado dela até mesmo quando os pais não estiveram. Como por exemplo, no seu noivado com Max ou quando ela saiu de casa com sua filha ainda bebê para encarar o mundo.

  1. Relação mãe e filha nem sempre é perfeito

Por mais que a relação entre Lorelai e Rory seja um exemplo de relação mãe e filha, não se pode dizer o mesmo de Emily e Lorelai. O que é destacado é que essa é uma relação de extrema importância, é algo que nos molda. Mesmo não sendo perfeito, é importante tentar manter uma relação saudável. A série retrata isso em diversos momentos e é algo para se lembrar sempre.

  1. Filmes e porcarias podem ser o melhor programa, para todas as ocasiões

Em Gilmore Girls, quase tudo acaba em filmes e porcarias para Lorelai, e esse pode ser sim o melhor programa de uma sexta feira a noite. Convidar o namorado, a família, assistir sozinho. Quase tudo acaba em filmes para a personagem, que faz diversas referências a eles durante toda a série. Como podemos ver no GIF, Lorelai leva isso muito a sério. Confesso, que filmes e porcarias são um dos meus programas favoritos.

 

Essas lições ensinadas pela personagem principal de Gilmore Girls, são algumas das que devemos levar para a vida. Porém, como uma série que retrata também a realidade, Lorelai tem seus defeitos e devo dizer que não são poucos. Ela teve que crescer cedo, mas muitas vezes age como uma adolescente e tem seus momentos de mimi

Espero que tenham gostado desse post sobre a personagem, se quiserem deixar um comentário sobre o que acham dela ou se gostariam de mais posts assim: focados em um personagem de série/filme/livro, eu ficaria bem feliz!

Share: