Resenha: Kingsman – Serviço Secreto

Aproveitando a estreia do segundo filme de Kingsman, irei falar a respeito desse filme divertido e com uma pegada dos filmes de espiões clássicos. Com humor e classe. Essa Terça com Pipoca, vale para você que não assistiu a nenhum dos dois filmes, ou se assistiu pode se surpreender com alguns detalhes nesse post. Kingsman: Serviço Secreto, primeiro filme, mostra o início da história de um garoto pobre, uma organização de verdadeiros gentleman e violência equilibrada.

A história narra a vida de Garry “Eggsy” Unwin (Taron Egerton). Um menino pobre de Londres que cresceu em uma família problemática desde a morte de seu pai. Após ser preso em uma das várias confusões que se mete, Eggsy é solto da prisão por um antigo colega de trabalho de seu pai, Harry Hart. Sem mistérios ou rodeios, Harry conta ao garoto sobre onde seu pai trabalhava e o que ele realmente era. Um agente da Kingsman. Uma organização de espiões bem vestidos.

Eggsy engata no processo de seleção para entrar na organização secreta, onde há também outros concorrentes. Membros da alta sociedade britânica. Nesse ponto, podemos ver o conflito de classes e o modo como os pertencentes ao alto escalão, acham-se merecedores de vitória só por terem nascido bem. O filme apresenta uma crítica a isso e volta-se ao que realmente importa: quem é o vilão que quer destruir o mundo. Ninguém menos que Samuel L. Jackson, que interpreta o caricato Valentine. Um homem dono de uma das maiores empresas de tecnologia, que possui a língua presa e se veste como uma rapper adolescente. A presença feminina no filme é forte. Gazelle, é a companheira de Valentine, uma moça com próteses mortais.

O desenrolar do filme é leve, com momentos tensos e de pancadaria como todo bom filme de espiões. Ao final, sentimos realmente a curiosidade de saber o que irá acontecer com Eggsy. Que evoluiu absurdamente do começo do filme até o momento final. O contraste de cores do filme me deixou bem surpresa. Com cores vivas ressaltando o vilão na grande maioria das cenas, como nas suas roupas e na sua própria casa. Como conclusão: estou bem animada para ver a continuação dessa história em Kingsman: O Círculo Dourado e saber o que aconteceu com o grande companheiro de Eggsy: seu cachorro.

2 thoughts on “Resenha: Kingsman – Serviço Secreto

    1. Yasmin, fico bem feliz de ler isso! Inspirar os outros a assistir algo que talvez não fossem ver. Em breve estarei postando a resenha do segundo filme que ainda está em cartaz no cinema. Quando assistir, espero que goste tanto quanto eu!

      Bjjss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *