As promessas de fim de ano que você nunca cumpriu

Novembro

Novembro! Mais uma frase clichê se forma: como o ano passou rápido. A não-novidade é que, quanto mais velho você fica parece que mais rápido a passagem do ano é para você. Com esse fim se aproximando, começamos a repensar nas metas e objetivos para um novo ano. Aquelas mesmas que você prometeu no ano anterior e nunca cumpriu, e muito provavelmente não cumprirá. Aquelas que você adia pensando que logo vai chegar um momento propício para realizá-las. O nome disso é ilusão. 

Acredito que seja da natureza humana, sempre querer encontrar alguma coisa para nos sentirmos culpados. Caso você não acredite, segue alguns exemplos simples: a academia que você jurou que iria, mas não foi e muito menos irá. Os estudos que você disse que faria, mas não fez. As promessas de fim de ano que você disse que colocaria em prática, mas não colocou. É possível listar uma infinidade de coisas que se aplicam aqui e o pior é que: eu tenho as minhas promessas não cumpridas, você tem as suas e até aquele cara vibe boa/pra frente/realiza tudo, também tem as dele. Ele pode esconder, mas com certeza tem suas promessas não cumpridas.

Se você quer começar a mudar alguma coisa, talvez esse texto seja para você. Porém, para mudar eu acredito que deveríamos expor a nós mesmos as coisas que realizamos nesse ano que se passou, o que realizamos de bom para nós mesmos e para os outros. Ações e não metas. Expor suas ações, ajudará a querer melhorar e seguir em frente. Como? Analisando nossas ações e percebendo o que poderia ter sido feito de outro jeito ou não.

Apenas pense em algumas ações que fez esse ano. Ações que tiveram um resultado ruim, alguma coisa que você disse ou fez. Até mesmo algo ruim que fizeram para você e como você contornou essa situação. Poderia ter feito melhor? Poderia ter agido de um jeito melhor do que agiu? Refletir nos faz pensar no que poderíamos melhorar no futuro. Agora vamos pensar nas ações boas. Esse ano você fez alguma boa ação? Ajudou alguém próximo ou até um desconhecido? Como se sentiu? Se foi uma sensação boa (eu espero que sim), gostaria de ter esse sentimento mais vezes? Que tal dobrar isso no próximo ano?

São muitas perguntas, não é mesmo?! Porém é um começo. Essas, talvez, deveriam ser suas metas para o próximo ano: ações. As pessoas realmente estão precisando disso hoje em dia, pensar e refletir. Afinal, existe tanto egoísmo nesse mundo. Acho que fica aqui essa reflexão. Que talvez, ao invés de metas não cumpridas, você possa se ajudar e ajudar aos outros.

21 thoughts on “As promessas de fim de ano que você nunca cumpriu

  1. Amei essa sua reflexão e é verdade tido ano eu falo que vou fazer várias coisas e fico enrolando e quando já vejo estamos no final e eu jogo para o outro ano e assim nunca irá da certo!❤

    1. Sempre acontece, né! Comigo também, eu ia empurrando e jogando pro próximo ano, então agora em 2017 eu parei e analisei que apenas metas não adiantam sabe, é melhor revermos nossas ações e melhorá-las. Bom fim de ano para você Mary

  2. Boa dica! É difícil conter a frustração quando os planos que fazemos não dão certo, mas precisamos mesmo pensar nas coisas boas que não estavam nos nossos planos. Obrigada pelas palavras e sucesso pra você. Bom fim de ano!

  3. Nossa!!! Quem nunca???
    Eu fiz mil promessas e faço todo ano… nem Todas, na verdade a maioria, Eu consigo realizar. Boareflexao.
    E essa ideia é boa… pensar as ações que fizemos e não só metas. É uma proposta…

  4. Faz muito sentido, acredito que a autoavaliação no fim do ano é essencial para nossa evolução, mas não devemos exigir demais de uma só vez, ou seja, estipular metas muito absurdas e muitas metas para o ano seguinte, pode gerar frustrações.. Adorei a idéia de estipular metas de ações, principalmente de ajudar o próximo, o mundo precisa de mais empatia, e isso é fácil de cumprir! 😉

    1. Sim, Marta analisar nossas ações durante o ano é essencial para nossa evolução como pessoa e transformar promessas vazias de fim de ano em ações para o próximo e até para si mesmo pode ser uma ótima alternativa para um próximo ano promissor. Um bom fim de ano para você!

  5. kkkkk menina é naõ é que é isso mesmo as vezes fazemos planos criamos expectativas e no fim naõ fazemos nada mais é assim mesmo naõ podemos é desistir pois quem sabe um dia conseguimos realizar neh RS bjus 😘

  6. Meninas super assim mesmo, e cada ano os dias passam mais rápidos, e esse ano já vou realizar uma coisa em dezembro, que é a minha cirurgia de redução das mamas, e se deus quiser, ano que vem arrumo um emprego novo como maquiadora

  7. Realmente, vivemos numa correria tão intensa, que acredito ser a grande causadora desse tal egoísmo.
    Parar aqui alguns minutos para ler essa reflexão, me faz pensar que sim, podemos nos dedicar um pouco mais para com o próximo.
    Esse ano eu consegui voltar para a academia, para o próximo preciso de organização em todos os sentidos!
    Sucesso!

    1. Angela, o que você disse sobre a correria causar o egoísmo é uma coisa que eu nunca tinha pensado e realmente faz todo o sentindo! Fico feliz que gostou da reflexão, trarei mais textos assim ♥
      Sucesso nesse próximo ano, espero que consiga!

  8. Eu costumava fazer muitas listas de metas e acabava frustrada, me sentindo incapaz de fazer coisas simples.
    Tive que mudar meu modo de ver as coisas, hoje faço listas para organizar as ideias, mas não me apego mais ao que não foi feito, valorizo o que consegui alcançar \o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *