Inaugurando o primeiro post aqui do Blog, decidi começar falando sobre os 5 livros que marcaram o começo da minha adolescência para vocês se inspirarem, conhecerem um pouco mais sobre mim e quem sabe, se apaixonarem por esses livros como eu me apaixonei.

Todos os livros da lista, eu li quando tinha mais ou menos uns 12 anos ou mais, onde eu comecei a nutrir uma paixão mais forte pelo mundo literário. Acredito que alguns desses livros são muito famosos, já outros nem tanto, porém todos tem um lugar especial no meu coração.

  1. Percy Jackson e o ladrão de raios

Nada como começar falando sobre esse livro (que com certeza marcou o começo da minha adolescência), que eu considero a maior paixão da minha vida. A série é composta por 5 livros, mas darei prioridade para o primeiro. O Ladrão de Raios, conta a história de um garoto de doze anos que não se encaixa em nenhuma escola, possui déficit de atenção, hiperatividade e só se mete em furadas.

As aventuras de Percy começam quando ele descobre que o mundo mitológico grego é real, os deuses estão vivos e ainda por cima ele é um meio-sangue. Filho de um deus e correndo constante perigo mortal, Percy e seus amigos do acampamento Meio-Sangue partem em uma aventura para provar que ele não é o ladrão do raio mestre de Zeus.

  1. Pollyanna

Esse livro é uma trilogia e na época que eu o comprei em um Sebo, eu deveria ter uns onze ou doze anos. Lançado em 1913, ele narra a história de uma menina de onze anos que perdeu o pai e vai morar com uma tia rica. O marcante do livro é o “jogo do contente”, que Pollyanna tenta ensinar a todos a sua volta, para extrair das situações mais desagradáveis o seu lado positivo. Desde criança esse livro me ensinou a tentar ver o lado positivo de diversas situações e mesmo sendo antigo, possui uma linguagem fácil.

Somente depois de mais velha, eu descobri que muitas pessoas leram esse livro quando jovens, assim como minha sogra, uma professora minha e a mãe de uma amiga. Por isso, acredito que todos deveriam lê-lo e incentivar as crianças a fazer o mesmo.

  1. Harry Potter

Eu sei, é realmente muito clichê essa coleção de livros estar entre os Top 5, mas o que eu poderia dizer, não é mesmo? Esses eu li um pouco tarde, confesso. Eu tinha quatorze anos quando comecei a leitura e juro que não foi pela grande paixão que a maioria nutria por ele. Por ser um dos raros livros que eu vi o filme primeiro, eu adorei e por isso iniciei a leitura. Acredito que todos conheçam a história do menino que sobreviveu a maldição lançada pelo bruxo das trevas, Voldemort. Então irei pular a resenha dele, mas não os elogios.

Essa série me lembrou em uma época difícil o que significava amizade verdadeira, amor a família e também em nunca desistir de mim mesma. As viradas e revelações escritas por J. K. Rowling aguçavam cada página mais a minha curiosidade e por esses motivos, tornou-se uma paixão.

  1. O mistério do cinco estrelas

O mistério do cinco estrelas foi o primeiro livro de mistério da minha vida e eu li quando era bem novinha, por isso ele marcou o começo da minha adolescência. O livro faz parte de uma coleção da Vagalume, uma coleção lançada em meados dos anos 80 por diversos autores brasileiros, mas cada livro conta uma história em particular com um tema principal: mistério.

Este em especifico, conta a história de Léo, um mensageiro do Emperor Park Hotel, que testemunha um assassinato no apartamento 222. Porém, ninguém acredita em Léo a não ser seus amigos. A partir dessa introdução, diversas coisas começam a acontecer, armações para cima do menino e segredos para encobrir esse crime e quem estava envolvido nessa história.

  1. Goosebumps

A série de livros Goosebumps teve uma grande participação na minha vida no começo da minha adolescência. Os livros, assim como o seriado que passava na televisão me matavam de medo, mas eu adorava! Os livros contavam, cada um uma história diferente que envolvia crianças e coisas misteriosas que aconteciam a sua volta. Podia ser em um acampamento (esse foi o que mais me marcou, mas eu preciso falar da série completa), em uma cidade nova, em florestas, enfim. O que era mais chocante: nunca tinha um final feliz e por fugir dos clichês, eu amava.

 

Todos os livros citados são destinados ao público infanto-juvenil e eu hoje, com 20 anos, só reli Harry Potter e Percy Jackson que na minha opinião não perderam o encanto, os outros eu realmente considero mais infantil, mas vale a pena a leitura se nunca o fizeram.

Por fim, espero que tenham gostado do top 5 livros que marcaram o começo da minha adolescência e não deixe de me contar quais desses vocês já leram ou qual o livro que marcou mais essa sua fase da vida.

Share: